#5 ERROS DE SHOPPING A NÃO COMETER NOS SALDOS

terça-feira, dezembro 26, 2017


Já nos aconteceu a todas temos adorado aquela peça na loja e depois nunca usar... E é frustrante, certo?

Até as mais "experientes" na arte de compras (cof cof) cometem erros de shopping - é algo a que, simplesmente, "ninguém está imune". Mas a verdade é que quanta mais informação tivermos (dicas, tendências, inspiração, e tudo mais), menor é a probabilidade de cometer erros e, consequentemente, desperdiçarmos dinheiro. 

Seguem os meus conselhos:


1 // Amor à primeira tentativa - Se, ao experimentarmos uma peça pela primeira vez, encontrarmos algo que não gostamos de ver (por muito pequena que seja), é para esquecer. Quando sentirmos algo como "isto é perfeito para mim!", nesse caso tem sinal - vão usar por anos.


2 // Promoções, promoções - As peças básicas, clássicas, eternas e de boa qualidade simplesmente... Não chegam às promoções. Se prestarem bem atenção, as peças que encontramos com descontos de 50% no final dos saldos e que lhe parecem, à primeira vista, como o básico perfeito, têm sempre qualquer coisa de errada (vestem mal, têm um detalhe que não as faz assim tão intemporais, ou a qualidade deixa realmente a desejar) - resistam ao feitiço da etiqueta.


3 // Costureiros não são mágicos - Muitas vezes os costureiros conseguem fazer ajustes em peças de roupa - e isto faz toda a diferença!! - mas não fazem magia. Aquele verdadeiro achado nos saldos, aquela peça de sonho caríssima que está agora com um preço perfeito para a nossa carteira, só existe em 44? Nem pense nisso se veste do 42 para baixo. (acreditem, been there)


4 // Lembrem-se do que correu bem. E do que correu mal - Aquela marca tem umas malhas óptimas, mas as calças de ganga foram uma desilusão? Mantenham sempre isso em mente: o que correu bem e o que correu mal em cada marca, de forma a saber o que podem e não podem comprar nas vossos lojas de eleição.


5 // Sapatos, sapatos, sapatos - No geral, vamos sempre perder em sapatos. Não há como saber se aqueles lindos sapatos que nos ficam a matar vão aleijar à frente, ou fazer bolhas ao fim de umas horas, ou se a nossa pele se vai dar bem com o interior. Quando descobrimos se o par vale a pena ou não, já é possível devolver! Além disso, são as peças que se estragam mais depressa. No entanto lembrem-se: deve sempre valorizar a qualidade nos sapatos: faz toda a diferença num conjunto e duram em boas condições muito mais tempo!

You Might Also Like

0 comentários

Obrigado por comentarem!