STYLE // AS CHAVES DO ESTILO-PRÓPRIO

quarta-feira, abril 26, 2017

Imagem: Garance Doré

No outro dia estava a ler uma entrevista à Kate Foley (consultora de moda a empresas e marcas de moda) sobre "como descobrir as tendências em primeiro lugar". O tema despertou-me a atenção, apesar de ser algo já "ultrapassado" - todos gostamos ter um estilo actual, mas sem dúvida que esta filosofia de perseguir tendências já está um pouco... Démodé!


No entanto, as repostas de Kate (e as próprias perguntas), levam-me à conclusão que o importante mesmo é sabermos o que temos, o que queremos e tomar partido de ambos.

Perdidas no processo? Aproveitem a Primavera e:

1. Façam limpeza no guarda-roupa: troquem as roupas de frio pelas de calor, mantenham (sempre) as de transição. Aproveitem para fazer um ponto de situação: dar o que já não usam, deitar fora o que não está em boas condições, manter o que queremos e arrumar o que não vamos usar em breve. Mas é para fazer MESMO isto, sem apego (desnecessário) - sejam "frias", rápidas e eficazes.

2. Tenham sempre em mente: o vosso estilo, o que vos inspira, aquilo com que se identificam. Mas, muito importante, também aquilo que realmente se insere na vossa rotina, no vosso guarda-roupa, na vossa vida social. Não serve de muito comprar uma peça especial que nunca poderão usar. (ok, vale para uma ou duas peças MUITO especiais por ano, que possam usar, mesmo que muito pouco).

3. Respondam à questão: quais as peças que uso sempre? Que mais gosto de usar para trabalhar, para jantar, para passear?
Partam daqui para inserir os melhores acessórios e as tendências que melhor vão combinar com vocês, para aquele refresh a cada estação/temporada.

4. Wish-List: eu faço um rácio na gestão da WL. Pesquiso muito, penso muito, mas não faço listas de compras - apenas compro o que me fica na cabeça - se não fica, é porque não precisava/queria mesmo comprar. E isso tem resultado muito bem. Também tenho tenho controlado bem os impulsos, apenas reservados para "achados baratinhos", o que tem sido bom para a carteira, mas também porque é daí que têm saído as compras mais inesperadas (e que acabam por trazer vida aos conjuntos básicos).

You Might Also Like

0 comentários

Obrigado por comentarem!

PORTAL