XANALESSONS // 5 FRASES QUE ME DEIXAM (COMO BLOGGER)... FURIOSA!

domingo, dezembro 18, 2016

Criei este "espaço" em 2009 e, apesar de nunca ter sido a minha ocupação principal (já foi a segunda, mais coisa menos coisa), é algo a que (quando posso) me dedico e, obviamente, que gosto muito de fazer.

E já "apanhei" várias fases da blogosfera, como imaginam: a da comunidade (porque ninguém sabia, sequer, o que eram blogs de moda, apenas aqueles mais pessoais ou de política), a de troca de selos e desafios, a fase da FEBRE dos blogs de moda, a das celebridades e jornalistas. Enfim... Desde muito gozo a, ainda mais, menosprezo, a muitas saudações sinceras. Olhem... Há de tudo. E, como disse acima, não me dedico a isto como profissão - aí acho que tinha que aumentar a "bagageira" para conseguir lidar. AHAH Mas, sim, ouvimos muitas coisas - de conhecidos a desconhecidos, sem esquecer a caixa de e-mail que, garanto-vos, esconde pérolas que davam um livro!

Em tom de brincadeira, reuni 5 frases que me causam alguma irritação (repito, em tom de brincadeira).

"Tu que és da moda, diz-me, o que é que se usa esta estação?" - juro, nunca sei o que responder... Ponto 1, usa-se tudo e mais alguma coisa. Ponto 2, acho que tem sempre a ver com aquilo que se gosta e se quer ver "actualizado", e isso é algo tão pessoal que não sinto nenhuma "autoridade" para fazer uma pré-selecção.

"Qualquer dia também abro um blog, só para receber aquilo que vocês recebem!" - nunca respondo. E ouço isto mesmo muitas vezes! 

"Não entendo como é que alguém paga a bloggers!!" - realmente, são um dos meios que mais influenciam o consumo, mas como eu sou um pouco "velha do restelo", se fosse marca, continuaria a investir nos mesmos meios de publicidade de há 10 anos e esperar que os meus produtos esgotassem de um dia para o outro.

"Deve ser tão fixe estar sempre a receber coisas das marcas todas e não ter que pagar nada..." - qual é a "cena" com o que as bloggers recebem, a sério? Eu juro que entendo que possa parecer (e é!!) fixe receber coisas como um extra do nosso "trabalho" (ou, melhor, sucesso do mesmo), mas...
1 - ninguém recebe tudo de todas as marcas (nem uma coisa nem outra).
2 - é realmente muito fixe receber "goodies" - até uma blogger como a Camila Coelho adora!! - mas depois existe todo um mundo antes e depois disso. O trabalho que se tem até lá, as cobranças indevidas que acontecem por ofertas, o trabalho (sim, trabalho) de experimentar, seleccionar para recomendar, la la la.

"Reparei que tem um blog. Pensámos em oferecer-lhe [inserir produto/serviço] em troca de um post." - pior do que pessoas fora do meio terem momentos #SemNoção (quase todos muito compreensíveis, pois é muito fácil ver só as coisas boas do que vemos à distância), são pessoas responsáveis por marketing (ou pior, por marcas!!). E, garanto-vos, é o que há mais!! Além de terem falta de noção, têm a ideia que andamos mesmo aqui a teclar e prontas a escrever meia dúzia de floreados em troca de produto/serviço x e tentam, muitas vezes com muito pouca educação, enganar-nos (isso ou acham mesmo que damos o braço direito por um batom). Enfim...

You Might Also Like

5 comentários

  1. Essas primeiras 2 frases tiram-me do sério. Qualquer um pode ter um blog, é verdade, mas o blog não publica nada sozinho, acho que certas pessoas ainda não perceberam isso...
    Há sempre coisas boas e coisas más, mas que não é fácil ouvir certas coisas é bem verdade.

    Beijinhos,
    Sofia Silve (www.goldenfashionblog.com)

    ResponderEliminar
  2. Concordo totalmente Xana! As pessoas pensam que não há trabalho envolvido. =S

    http://vidadedesempregada.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  3. Ahah há aí duas ou três a que lhes também deito o nariz. O mais giro para mim são as marcas quando contactam a dizer "boa tarde cara blogger" lolol blogger tem nome. Uma vez, numa acção em que fiz o favor de marcar presença só por amizade a algumas pessoas da comunicação, quando lá cheguei (debaixo de 40 graus em pleno festival de verão), a pessoa da marca simplesmente nem sabia quem eu era. Depois de me terem deixado 2 horas à espera, quando chegou perguntou "és a blogger de hoje?" e eu respondi muito calmamente "Não, sou a Helena". "Mas és a blogger?". Eu fiz um sorriso, disse que já voltava e fui embora. ahahaha se nem há sequer um mínimo respeito em tentar conhecer a pessoa, mostrar-lhe boa vontade e, acima de tudo, valor pela sua presença, significa que não se faz nada lá. Mas isto podíamos juntar-nos e escrever todo um manual de boas maneiras na blogosfera (tanto da parte de blogues como de marcas) :P

    ResponderEliminar
  4. A-mei!
    Não sou conhecida, sou uma blogger bem pequenina, não tenho parcerias, mas entendo o k dizes e concordo a 200%.
    Mas acredita k há por aí muita YouTuber e blogger k não se importa de receber tuta e meia pra receber coisas das marcas mesmo k elas não valham, nitidamente, nada. Conheço algumas.
    Agora, outra coisa k também ouço quando digo k sou blogger e YouTuber é "mas isso garante futuro?". Pfffft

    Beijinho
    www.blogasbolinhasamarelas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pelo excelente post. Falou exactamente tudo.
    As pessoas deliram e acham que cai do céu milhares de produtos em nossa porta.
    Aquelas propostas do género, «ofereço um texto para o teu blog e assim divulgamos em nossas redes sociais e assim terás mais visualizações» é de chorar de rir.
    Do género, olha lá, "dá-me um link de graça" no teu blog e fazemos-lhe o grande favor de divulgar o teu blog em nossas redes sociais. Ah... é demais.
    Pior são as exigências que algumas marcas fazem para enviar uma amostra ridícula de um produto. Tendo ou não visualizações, por trás de um blog, existe uma pessoa que se dedica à ele com carinho e que merece todo o respeito, ganhando (ou não) rios de ofertas ou rios de dinheiro. É lamentável a mentalidade de certos seres.

    ResponderEliminar

Obrigado por comentarem!