XANALESSONS // AFINAL, QUAL O DRAMA DO STREET STYLE?

domingo, outubro 09, 2016


Mais um fashion month a terminar... Mais uma polémica a rebentar. O alvo? Os mesmos de sempre, os bloggers.


Encaremos dois factos - eu, vocês e todas as pessoas que trabalham/gostam de moda e beleza:

1. Blogger é uma profissão. Ponto! Como em todas as profissões, há bons e maus profissionais. Há bons que chegam longe e outros que não chegam a lado nenhum. Mas também há "maus" que chegam muito longe. Mas, lá está, se chegam é porque, possivelmente, não são assim tão maus. Afinal... Vivem de views. E, se alguém os vê, é porque lhes dão alguma coisa.

2. O street style HÁ MUITO que deixou de ser algo espontâneo, por muito que, quase sempre, nos faça crer que sim. Assim como os próprios blogs: teve sucesso, começaram a perceber que "vendia" mais do que muitos outros eventos, conceitos, estratégias, e passaram a capitalizá-lo.


Agora, a grande questão é: QUAL O DRAMA?

É que, ainda por cima, ninguém é obrigado a nada. Eu há muito que não leio blogs grandes. Sigo algumas dessas bloggers pelo Instagram e Snapchat (e Youtube) mas são poucas. Acho tudo muito montado, falso, sem personalidade. Mas o facto de eu não gostar não leva a que eu ache ridículo que hajam muitos milhões que achem o contrário, e que as mesmas ganhem muito com o seu trabalho.

Sim, grande parte do trabalho destas bloggers consiste em vender aquilo que usam, que gostam (muito ou nem tanto), aquilo que surge. Sim, faz parte! E acho muito bem que assim seja. Os argumentos de usarem marcas/peças que não fazem sentido, de fazerem demasiada publicidade, de escolherem coisas nada a ver, não fazem sentido. Quando há pouco conteúdo bem feito (pago ou não!!!), as views acompanham. Se continuam a ter sucesso é porque: 1) aprenderam com os erros; 2) aquilo que, aos "meus" olhos é um erro, na verdade, pode não ser.

O argumento de transformarem o street style num espectáculo: who cares? Qual o stress?... Não entendo. A lógica aplica-se como aos restantes pontos: confusão e pessoas nas semanas de moda, sempre existiu. Se há novas vedetas e novos "negócios" inerentes... Como é que isso pode incomodar alguém? As marcas vendem mais, há mais trabalho para fotógrafos e para as suas "musas", e... That's all. Se é um circo? Acredito mesmo que sim. So what? Oh, wait. Se calhar é porque existem novos protagonistas no meio e, ups!, a fatia de €€ que lhes calha saiu de algum sítio e.... Alguém não está muito contente com isso. Será? Seems obvious!

You Might Also Like

1 comentários

  1. Acho que o problema é mesmo esse: existem novos protagonistas! Porque o que as marcas fazem com as blogger sempre o fizeram com as revistas. O outro problema é as revistas não terem percebido a necessidade de se reinventarem e serem um mercado paralelo aos blogues, que se complementam em vez de serem rivais. (a Julia Petit teve uma conversa interessante sobre este assunto)

    beauteetgourmet.blogspot.com

    ResponderEliminar

Obrigado por comentarem!

PORTAL