3 TENDÊNCIAS QUE... JÁ NÃO SE AGUENTAM!

domingo, fevereiro 14, 2016

Para mim, o melhor dos saldos é que, passados alguns dias (ou semanas, vá), uma nova colecção chega às lojas. Nova estação, novas ideias, novas peças, novas tendências.

Novidade, novidade, novidade!

Apesar de andar vestida quase sempre da mesma maneira, não sou um "grinch das tendências". Adoro-as! Adoro novidades.

Mas, e para quem segue este blog há algum tempo isto não será novidade, a massificação de tendências aflige-me. Bastante, até. Basta abrirmos o Instagram, passear num shopping ou ir à discoteca da moda: parece que andamos todos de igual. Todos escrevem sobre as mesmas peças, tiram as fotos da mesma maneira e vestem as mesmas combinações. O sentido estético parece cada vez mais... Igual!!


Adiante, 3 peças/tendências que, salvo erro até já foram todas publicadas por aqui, gostei ao início mas já estão "tão em todo o lado" que já... "As vomito pelos olhos", perdoem-me a expressão.

Quando o portal betrend (onde trabalho, btw) publicou a previsão da Vogue de que os Stan Smith já estão a "ficar vistos" e os Nike Cortez eram o próximo 'big it', pensei: "olha boa! Adoro os meus SS mas já faz falta que se dê atenção a outros modelos". Acho que já não víamos uma febre como a dos SS há uns bons anos - durou imenso e não deixou ninguém indiferente, independentemente de estilos. Mas... Fui das poucas que assim o achou. A notícia caiu que nem uma bomba e os comentários quase todos negativos.

Algumas semanas se passaram (ainda nem um mês, salvo erro), tendo a notícia sido replicada em todos os sites e inúmeros blogs, os Cortez já saíram em todas as "shoppings lists" de Fevereiro e em inúmeros posts com looks de inspiração. Nas lojas de desporto, já estão em destaque. E eu... Já nem os posso ver! (e, afinal, já não acredito que seja este "o" modelo que vá destronar os Stan) Aposto que, agora (apenas semanas depois), os comentários seriam totalmente diferentes! A sério, mudamos de ideias em 3 semanas?


Quanto a babuchas, adoro!, mas os modelos Céline inspired já são "demasiado iguais" e pouco originais. Além disso, já andam pelo street style há tanto tempo, que já nem é exactamente algo inovador. 



Bem, já extravasei que nem uma louca, apenas para dizer que... Estas são três peças onde não vou investir.

You Might Also Like

10 comentários

  1. Não te podes enervar com essas coisas lol, faz cabelos brancos :p
    Sempre houve massificação de tendências e sempre fomos atrasados, é assim que funciona desde os primórdios dos tempos, nos anos 90 o português ainda andava vestido à anos 80. Actualmente quando lá fora já anda na moda há 1 ou 2 anos é que começa a chegar cá e começa a ser usado por todos, desde a pita da bershka que vai ao HK à zeza azeiteira cabeleireira do bairro. Resta a quem percebe e gosta de moda optar e adaptar as tendências que gosta ao seu próprio estilo, estar atento ao que se passa lá fora e cagar para o povo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim... Mas ver tanto em todo o lado... Cansa-me! (mas não me enerva, atenção!!)

      Só discordo da parte de sermos atrasados... Acho que o "mundo inteiro", neste momento, se define em: os que podem comprar high fashion e os que esperam pela fast fashion, e ambos chegam a todo o lado no mesmo timming. Acho que a globalização da moda é cada vez mais visível!! :)

      Eliminar
    2. Sim percebo esse ponto e compreendo, mas ainda assim acho que as modas demoram a entrar, por exemplo NB há poucos anos, ainda cá ninguém usava, já em Espanha era um hit... e não estamos assim tão longe nem temos lojas assim tão diferentes, como disseste, os mercados chegam a todo o lado ao mesmo tempo.
      Pelo que vejo o português também tem muito medo de "arriscar", mesmo que goste, só acha bonito ou só se sente à vontade para usar algo das tendências se todos os outros também já usarem, é um bocado "a maria vai com as outras".

      Eliminar
  2. :) Gostei do texto porque adoro sentido crítico. Nem de propósito, vi ontem o documentário "Iris", sobre Iris Apfel. Sem dúvida que começa a fazer falta mais individualidade e menos igualdade estética.
    Eu já cansei de massificação há algum tempo... e quando escreves "Todos escrevem sobre as mesmas peças, tiram as fotos da mesma maneira e vestem as mesmas combinações" descreves muito bem aquilo que também eu sinto e penso. Cá dentro, sinto por vezes que se torna ridículo, honestamente.
    Tal como tu, também tenho o meu uniforme. Que é meu.
    Tal como tu, também adoro novidades... mas isso não significa que agarre toda e qualquer tendência sem reservas.
    Há uma frase de Dries Van Noten que recordo constantemente: "I do two collections a year, and that's more than enough. There are too many collections, too much fashion, and too many garments in this world."
    Enfim, mais é mais... não é necessariamente melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não agarro menos. Às vezes até tenho pena de me cansar tão rapidamente de tudo, muito antes de ponderar comprar. Já consegui perceber perfeitamente aquilo que quero realmente e gosto e o que não vale a pena, mesmo quando adoro, pelo motivo acima. Obrigada pelo comentário! :)

      Eliminar
  3. Eu entendo perfeitamente,há tendencias que não me dizem nada e esta é exatamente um exemplo, o bomber não fazem o meu estilo e nem me identifico e relativamente aos ténis já tive há uns anos e foi dos piores investimentos! :)

    ResponderEliminar
  4. ahah o que já me ri a ler o teu post porque eu própria já pensei no mesmo :)

    ResponderEliminar
  5. O que nos cansa não são necessariamente as tendências. São a forma igual como todos falam e publicam sobre elas, como as fotografam.

    ResponderEliminar
  6. E btw, as babuchas que mais amo são à la marroquino mesmo. Já me está a irritar esta febre, não quero inutilizar as minhas! :o

    ResponderEliminar
  7. Li e refleti sobre o que escreves te. Ri-me sobre o facto de teres dito "ir à discoteca da moda". Refleti sobre as três novas tendências, e tal como referis te no final nenhuma destas iras investir, tenho a mesma opinião\certeza sobre mim, não vou deixar de usar a sam smith só porque chegou ao rubro as NIKE CORTEZ, nem adquirir um bomber só para dizer que adquiri mais uma tendencia que daqui a x dias já está fora de moda

    Carolina OH, Carolina \\ OH STUDIO
    instagram: @carolinarfrancisco

    ResponderEliminar

Obrigado por comentarem!

PORTAL