SANDALS FOR FALL

terça-feira, fevereiro 11, 2014

Ultimamente vejo muitas dúvidas pelo Facebook e pelos blogs sobre a questão de bloggers, modelos, celebridades, wtv, que usam sandálias com frio/chuva. Para animar o debate, eis uma das várias propostas da Tibi para este Outono/Inverno, com casacão e mules.


Suponho que não vá ser a única marca a fazer uma conjugação do género, e suponho que os comentários de espanto e perplexidade continuem por essas redes sociais, então... Ficam alguns argumentos-pró:



As "ladies who lunch" (explicação aqui) não usam collants. Ao início não percebi a lógica, mas li num artigo que tinha a ver com o facto de não existir nenhum par de collants realmente transparente, ou seja, nada favorável. E, como estas senhoras,muitas outras também não passeiam na rua nem frequentam espaços ao ar-livre com mau tempo, e têm motorista ou andam de táxi. Conclusão: não há necessidade de estragarem um conjunto com collants. Quem diz collants, possivelmente diz botas que não combinam na perfeição, e tudo mais. Ora, quem compra grandes marcas? Pois, ladies who lunch e afins. É a mesma lógica das colecções Cruise: enquanto uns enfrentam diariamente o frio invernal, outros viajam até destinos tropicais e precisam de roupa a condizer.



Outra questão: se defendem o uso (mesmo que exagerado) de photoshop com o argumento de "a moda não tem que ser real" (se um editorial da Vogue não tem, o styling de uma blogger para fotografar ou de um desfile, tão pouco), aí o têm para explicar tudo isto: não tem que ser realista. Os blogs evoluíram da "típica foto do look do dia nas traseiras da casa", para verdadeiros meios de comunicação de moda, de fantasia, do artístico, e há que saber distinguir uma coisa da outra. Quem acredita que a Chiara passa realmente o dia com os conjuntos que publica?



Por fim, e mais importante: That's fashion for you. É isto: a Moda não tem que ser confortável, não tem que ser de rua, não tem que ser previsível. A Moda não é a Zara. É muito mais que isso: é história, é arte, é originalidade, é pensar "outside the box"! Numa altura em que os estampados estão em baixo, assim como cortes e modelagens muito 'extravagantes', em que "tudo" é clean, é "básico", é... Céline, que venham criadores, bloggers, editores conjugarem um casacão cinza com umas mules ou com umas strappy sandals finas com um salto vertiginoso.






Agora a questão é: há que saber diferenciar as coisas. Uma coisa é aquilo que nos deve/pode agradar aos olhos, outra coisa é o que nos deve/pode inspirar, e outra ainda é o que devemos/podemos usar! É assim com esta questão, e com tantas outras na área: materiais, cortes, estampados, modelos.




Tibi Fall 2014, Style.com

You Might Also Like

10 comentários

  1. Quando estive em Londres a primeira vez já há uns bons anos, em pleno fevereiro (inverno) vi muitas meninas sem meias na rua ( no metro...), ou seja, não propriamente as ladies desse segmento de mercado... É uma moda usual há muito tempo por lá, em diversas classes sociais, portanto. Uma moda que a mim faz muita confusão ( e relança o tema moda vs conforto)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas são excepções, enquanto que em certas "classes" (ou, meios vá) é uma regra! Beijinhos

      Eliminar
  2. Mais um dos teus artigos fabulosos Xana! É incrível como sabes sempre ir directamente ao cerne da questão e expressá-la da melhor forma possível.

    <3
    http://zazzish.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Sabes uma coisa? Quando for crescida quero ser uma Lady Who Lunch e que só usam colecções Cruise. Tenho dito!

    ResponderEliminar
  4. Xana, nunca comentei o teu blog, apesar de o ler diariamente, simplesmente ADORO-O, escrita simples, mas assertiva, nada de coisas lamechas tipo "Ai que a vida me corre tão mal" :) sem apologias a marcas, simplesmente genuino... the best. muitos parabéns, e continua... :)

    ResponderEliminar
  5. Riiiight... por isso não admira que nas fotos quase nunca apareçam a sorrir, devem estar a segurar o queixo para não tremer.
    Adoro moda, e tudo o que daí advém, mas no que toca a street style acho que sou mais old school. É fácil fazer um conjunto lindo com uns saltos altos a combinar, mesmo com -30 lá fora e 20cm de neve (e falo por experiência própria). Mas é impossível sobreviver, pelo menos mantendo a postura (e eu sou da opinião de que a postura é meio caminho andado para se ter estilo). Eu tentei, na Noruega, andar de botins de salto alto em 20 cm de altura de neve e lama com gelo, tentei! Mas eventualmente tive que comprar as botas menos fashion de sempre para sobreviver. Andei menos estilosa por causa disso? I don't think so.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Permite-me discordar, em tudo! ;) Quem não aparece a sorrir numa foto de street style, provavelmente não aparece nas outras todas! Porque elas não andam ao frio, nem à chuva nem à neve... Vestem-se para a foto, that's it! Tu, com os teus botins de 20 cm, terias que, como qualquer mero mortal, ANDAR na neve, na chuva, no frio, na calçada, onde fosse - elas não! Percebes? Então há que "respeitar" a questão artística da coisa, assim como pessoas que vivem noutra realidade.

      A questão não é ser fácil ou difícil, ter muito ou pouco estilo, é uma questão de opção, ou de simples "inovação" (outside the box, como digo no post)!


      Beijinhos

      Eliminar
    2. ah bem, se tivesse a vida delas talvez fizesse o mesmo. Mas como comum mortal, é impossível. Aqui a Su (em baixo) explica melhor o que quero dizer com a questão dos blogs ;)

      Eliminar
  6. Disseste tudo! Uma exposição de argumentos excelente.
    Só discordo numa coisa (nem é bem discordar, porque tu constatas um facto): Eu acho uma pena que os blogs tenham deixado de ser a "foto das traseiras".
    Os blogs deviam ser um complemento "real" das revistas de moda e não a concorrência. Os editoriais de moda devem ser fantasiosos, mostrar ideias. Já os blogs deveriam ser a tradução para o mundo real das ideias desses editoriais. Gosto de ver como a míuda x, cheia de estilo, adaptou a tendência e tornou usável. Não me agrada ver as nórdicas de sandálias na rua em Janeiro. Para isso, vejo as produções da Vogue, cuja qualidade é infinitamente melhor.

    ResponderEliminar
  7. Também quero ser uma lady who lunch. Odeio collants, acho um mal necessário, aliás eu só devia usar colecções cruise, com casacões em cima para me agasalhar da limo para o restaurante. Bons pontos de vista ;)

    ResponderEliminar

Obrigado por comentarem!

PORTAL