ORGANIZAÇÃO E BOAS COMPRAS!

segunda-feira, agosto 27, 2012


Quanto mais organização e método, melhor. Em tudo! Eu sei que aqui falamos de "Zara/H&M" e não de "EDP/PT" (ou seja, contas das sérias), mas da mesma maneira que acho que é muito - muito - fácil ir ao supermercado e gastar o dobro do que tínhamos na ideia, também facilmente olhamos para os talões de lojas de roupa acumulados durante uns meses e percebemos que se gastou mais do que era necessário, e muitas das peças - afinal - nem valiam muito a pena!

Ao raciocinar sobre este assunto - possivelmente enquanto fazia uma lista!!! - cheguei à conclusão que o segredo pode não estar só num orçamento específico (porque este pode sempre ser mal gerido, ou até mesmo porque ter dinheiro não significa uma boa compra/investimento), mas também na limitação da quantidade.


Quando atingimos aquela fase em que os verdadeiros essenciais já passeiam pelo nosso armário, tudo se torna mais fácil. Eu posso não ter tudo quanto quero, mas orgulho-me de contar com um guarda-roupa limpo, arrumado e - relativamente - completo. O primeiro passo para conseguir isto foi, acreditem ou não, livrar-me de imensa roupa que tinha! Sem sentimentalismos e de forma quase radical, fiquei com imenso espaço, com uma arrumação melhor, e muito mais funcional (para quê olharmos todos os dias para coisas de que não gostamos/não nos serve/não está em condições de ser usado?!).




Dito isto, cheguei à conclusão que um closet composto (pelos essenciais que escolhemos - cada um pense nos seus, não há tem-que-ter) deve ser preservado e mantido AWAY de entulho. Isso significa, menos quantidade possível. E a fórmula a que cheguei foi de um máximo de três peças por mês, que inclui tudo, de roupa a sapatos, a qualquer tipo de acessório (inclui cabelos).

Isto não é um desafio: roupa e compras são uma espécie de recreio-para-adultos e, desde que se tenha noção da nossa realidade (o dim-dim e as tais contas) acho que não tem que ser levada tão-a-sério; é uma teoria que quero testar e ver como corre. Uma coisa é certa, este ano não andei muito longe desse número e - como já disse - nunca tive tudo tão organizado e completo como agora!

[imagens:  Northern Light e Sincerely, Jules]



You Might Also Like

12 comentários

  1. óptimas dicas e conselhos que aqui nos deixas, obrigada :)

    ResponderEliminar
  2. gostei imenso do post, e tal como tu, também tenho vindo a livrar-me do que não gosto e não uso, e a limitar a quantidade de peças.bj!

    ResponderEliminar
  3. É de facto um recreio para adultos! Casualidade, também estou em proceso de limpezas no armário.
    As compras tem mesmo de ser racionadas, eu cá nunca posso ir ao supermercado de estómago vacío! Se não é uma desgraça =)

    Bjs querida
    ***
    www.theprincesslittlebox.blogspot.com
    STATEMENT NECKLACE GIVEAWAY

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou uma desgraça no supermercado. Nunca posso ir sozinha, ou então é para esquecer!!! loooool

      Eliminar
  4. Bons métodos! Vou tentar aplicar :)

    ResponderEliminar
  5. Bons métodos!
    Vou tentar aplicar :)

    ResponderEliminar
  6. ai opá, gostei tanto dessa coisa de recreio pra adultos!
    é uma boa táctica, já comecei a especificar orçamento e até ver....humm, ainda tou no mês de teste :p

    ResponderEliminar
  7. Tens TANTA razão Xana! Eu vejo por aqui em casa. Como estive a fazer arrumações nos roupeiros de toda a gente daqui, é de reparar que tanta coisa que se compra e não se usa, e outra tanta que já não se usa há séculos. É consumismo desnecessário (falo principalmente pela minha mãe que é uma shopaholic xD).
    Há que fazer realmente uma melhor gestão :)
    C.

    http://3littlelettersabc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Concordo completamente. "Quando atingimos aquela fase em que os verdadeiros essenciais já passeiam pelo nosso armário, tudo se torna mais fácil. Eu posso não ter tudo quanto quero, mas orgulho-me de contar com um guarda-roupa limpo, arrumado e - relativamente - completo" somos duas, que tenho andado no mesmo processo. quanto à quantidade, acrescento que se deve limitar o número de peças do mesmo género. Por exemplo, não se justifica ter 10 skinny jeans, 5 stilettos pretos de salto alto, etc..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa questão do género tem a sua razão, principalmente aplicada ao calçado, malas, etc. Mas por exemplo, eu tenho suas 10 camisas brancas e uso imenso. São todas em modelos diferentes (mais ou menos), mas uso muuuuito, então não posso ter só 2/3. Sabrinas e tshirts brancas a mesma coisa eheh MAs eu percebo o que queres dizer, e também acho que tens razão... Quando dizem que não podemos ter demasiados sapatos pretos, eu discordo!! Há sim um limite para sapatos eheh

      Eliminar
  9. gostei do post! é bem verdade apesar de ser dificil livrarmo-nos de um closet cheinho!!

    http://asouthbreeze.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito muito da ideia em si, e o post está verdadeiramente bem escrito, além de que com a actualidade financeira que vivemos parece-me que tenho mesmo andado nesse mood, e sabe tão bem ver que os impulsos consumistas sem lógica já fazem parte do passado!

    <3
    http://zazzish.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Obrigado por comentarem!

PORTAL