Opinião: Sonho vs. Obsessão

terça-feira, março 01, 2011


Já abordei, em diversos post's, partes deste assunto. Mas nunca lhe tinha dedicado um post " a sério". Ontem, quando voltava para casa depois das aulas, dei por mim a sonhar (acordada). É essa a minha terapia: sonhar!! Desde sempre sou assim... Quando não tenho sono, quando estou triste, quando estou cansada, quando estou desanimada, ou - simplesmente - sem nada por fazer, penso na coisa mais "estrambolicamente-feliz" que me podia acontecer.

Ontem pensei "e se agora os meus pais - de repente - me oferecessem uma Chanel?!". Claro que há muitas outras coisa que me fariam mais feliz do que uma 2.55, mas na altura de sonhar gosto de pensar em coisas distantes (e um pouco mais glamourosas haha).

A Chanel 2.55 é uma constante nos meus "momentos para sonhar"... E depois começei a divagar. Sim é um sonho, sim até gostava de ter uma um dia... Mas estaria disposta a algum tipo de sacrificio por isso?

A resposta, queridos leitores, é... Não! Não mesmo!! Prefiro gastar essa "pequena fortuna" no meu aparelho ortodôntico, ou numa viagem a dois (ou qualquer outro tipo de viagem), ou poupar, ou qualquer outra coisa... Sinceramente? Se agora me caíssem €2500 do céu, a ultima coisa que faria seria comprar uma Chanel!

Há quem não precise de pensar desta forma, há quem não tenhas as mesmas prioridades que eu, e depois... Há crie obsessão de ter algo para a/o qual não tem posses. Meus queridos leitores, devido à àrea na qual trabalho já hà um ano, sei bem disso. Há quem tenha dividas porque ficou sem emprego e deixou de poder pagar as contas, há quem faça esquemas e fuja do país com dinheiro, e depois... Há as pessoas sem noção da realidade!!

Há - basicamente - pessoas para tudo neste mundo! Endividam-se para poderem viver de aparências, para poderem ter algo para o qual não têem dinheiro... Quando olho para aquilo que me passa pelas mãos, fico chocada!! Chega a um ponto em que já deixo de ler certas coisas. A obsessão com a imagem, com as aparências - parece - que tem tendência para aumentar com as crises (sociais e económicas).

Pois a mim, que sou influenciada pelo marketing de forma qb, gosto de pensar que nunca irei pôr (ou até mesmo piorar) a minha segurança financeira por caprichos, ou por aparência, ou por... Luxos (leia-se, aquilo que para mim são luxos). Gosto de roupa, gosto de malas, gosto de sapatos... Sou mortal, como todos vocês!! Mas não perco a cabeça com isso...

Opiniões?

You Might Also Like

25 comentários

  1. EU shoppaholic assumida concordo plenamente contigo... gosto? amo loucamente objectos mas principalmente amo ser feliz e essa "coisa" é feita de momentos!!!
    Posso fazer pequenas loucuras mas nunca abdicando de discernimento total, ah e nunca pelos outros sempre por mim!!!

    Ja agora como percebi que tem que haver equilibrio, inaugurei este blog onde procuro vender um pouco destas minhas coisas e claro divagar ...

    Desculpa a "publicidade" mas já agora hoje comecei um giveaway!
    http://fastfashioncloset.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. concordo inteiramente com tudo o q escreveste!:)
    xx

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a tua opiniao a 100% !

    No meu caso, se não consigo deixar de pensar numa peça específica que não esteja ao nível da minha carteira, pondero bem até que ponto a quero e depois parto à procura dessa peça em segunda mão.
    Sei bem que esta também é uma questão perigosa, há pessoas que não toleram objectos que já foram usados, mas isso não me afecta. Se a peça está como nova e extremamente mais barata, venha ela! :)


    **

    ResponderEliminar
  4. I soooooo agree. E para mim é fácil, que não sou dada a marcas nem a modas :-)

    ResponderEliminar
  5. Subscrevo plenamente,quem não tem dinheiro não tem vícios.

    ResponderEliminar
  6. Eu prefiro viajar do que comprar uma bag de 2.500 euros.
    Beijos
    @BrunaMotablog
    Blog Woman Chic (http://wonanchic.blogspot.com/)
    Não perca sorteio de 01 Batom coleção Wonder Woman da MAC;
    Se Divulgar o sorteio tem direito a 2ª participação

    http://wonanchic.blogspot.com/2011/02/sorteio-01-batom-da-mac.html

    ResponderEliminar
  7. Concordo com o que escreveste, pondero muito bem as minhas compras e se num mês compro mais do que devia no outro controlo-me ao máximo... Apesar de adorar a mala da Chanel era incapaz de dar tanto dinheiro por uma mala, a não ser que tivesse muito dinheiro e que para mim 2.500 euros significassem 12.50E.

    ResponderEliminar
  8. Concordo totalmente, conheço casos em que por causa dos aparências as pessoas estão prestes a ficar na rua, e sinceramente não consigo compreender isso, faz-me mesmo confusão...

    ResponderEliminar
  9. Felizmente, penso igual a ti. E nós somos assim porque temos os pés assentes na terra, mas há quem não tenha...

    ResponderEliminar
  10. concordo com tudo o que disses te! é preferivel viver bem com o que se tem e do que gastar o que tem e nao se tem apra manter aparecias.

    beijinhos


    p.s. ja agora xana estas a trablhar no que? (se nao é indescrição)

    ResponderEliminar
  11. Concordo plenamente. Se há coisa que aprendi com o meu pai, foi que os caprichos não são prioridade. E ter apenas para mostrar, mas andar à rasca para poder pagar as contas, não me passa mesmo pela cabeça!

    beijinho*

    ResponderEliminar
  12. Concordo tanto, tanto, tanto com estas palavras...

    Eu adoro moda, e no meu círuculo de amigos sou a unica assim. Sigo os desfiles de moda ao minuto, e estou a par das novidades.. Por isso falo em Chanel, Dior e por aí como se nada fosse. E às vezes fico com a sensação que os outros devem pensar que seria capaz de tudo para comprar essas marcas. Que para mim a felicidade vem em forma de 2.55 ou lady grey....

    Nada disso! Simplesmente adoro moda, e adoro por isso seguir o trabalho daqueles que a levam ao seu expoente máximo. E gosto de ver, e sonhar, sonhar bastante.. Imaginar que bom que seria um dia entrar numa loja e poder trazer aquilo tudo comigo! Mas sonhar apenas, nunca sacrificar!

    bettywithlove.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. felizmente e apesar dos sonhos de consumo sei ser regrada na hora de gastar dinheiro!

    ResponderEliminar
  14. Eu concordo com aquilo que disseste. Não tenho nenhum objecto de sonho inalcansável, sou muito terra a terra, tenho aquilo que posso e tento alcançar o que me está dentro das minhas possibilidades.

    Por exemplo adorava conhecer os EUA e ny sobretudo, mas é uma viagem cara, que agora com as responsabilidades se torna, para já impossível, pois há outras prioridades. Mas enquanto no posso fazer essa e outras viagens de sonho, ou-me ficando por outros destinos mais económicos que quero igualmente conhecer. Por exemplo Barcelona, voltar outra vez a Londres e a Paris etc.

    O meu sonho de consumo seria uma LV, adoro o design, o glamour, e vejo-a como um objecto de valor que pode passar para outras gerações.
    Não é um sonho muito complicado de realizar, basta-me estabilizar e juntar dinheiro para isso! :)

    Sei bem a que te referes quando falas de gente a querer viver de aparências, já o experiênciei em alguns sítios onde trabalhei...

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Bom post!!
    Eu tenho um orçamento para tudo e claro, tenho um orçamento para as compras.. é tudo muito controlado! Adoro moda, mas tenho cabeça e não me endividava!

    ResponderEliminar
  16. Já tinha saudades de comentar os teus belos posts ;)

    E gostei deste, mesmo! E tens toda a razao! Como todas, sonhamos em poder ter estas carteiras giras giras mas a verdade é que se me dessem o dinheiro provavelmente também seria a última coisa que compraria!

    ResponderEliminar
  17. Não, nem pensar não fazia essa loucura. Com esse dinheiro de certeza que o aproveitava para outras coisas que não comprar malas. Podia fazer uma boa viagem, fazer umas férias, enfim não mesmo. Não é a minha mala de eleição, mas mesmo que fosse acho que era incapaz de dar esse dinheiro todo por uma simples malas. Só se o dinheiro me sobrasse, porque a mala seria realmente a única coisa em que pensaria... :)

    ResponderEliminar
  18. Estou plenamente de acordo contigo. Eu fico-me pelos vícios baratos que não me cortam as asas para outro tipo de experiências. Não estou disposta para viver meramente de aparências e ficar com dividas até ao pescoço e, pior, passar fome. Felizmente não sofro desse mal e tenho a cabecinha no lugar.

    ooOO Pretty in Black OOoo

    **

    ResponderEliminar
  19. Para mim a Chanel 2.55 é a mala de sonho, mas nunca gastaria esse dinheiro enquanto tivesse contas para pagar ou o mundo para conhecer!

    ResponderEliminar
  20. Concordo!! Confesso que por vezes me contorço toda por não comprar qualquer coisa, e confesso que por vezes acho que me estico a mais... mas até agora ainda me controlo ao ponto de não ter cartões de crédito! Confesso que os evito com medo de mim própria! Porque a sensação de vestirmos o que queremos é tão boa!! Mas não compensa divídas, até porque dois dias depois é só mais uma peça... lol! E Chanel é Chanel, mas só se tivesse muito dinheiro!!

    Gostei do post!

    ResponderEliminar
  21. Adorei todas as vossas opiniões!!! Ainda bem que pensam assim... No estado em que o mundo está, o melhor mesmo é ter os pés assentes na Terra!! :S


    Eu trabalhei em processos de execução, onde a maior parte deles vinha de uma finançeira de "crédito fácil" (sim, daquelas que dão na Tv haha), e agora passei para o Contencioso de um Banco. Aqui no Banco os processos são diferentes, quase todos envolvem empresas, mas os processos executivos da finançeira muitos eram pessoais... Nem vos digo, nem vos conto!!! -.-


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Eu ADORO a 2.55, mas garanto-te que era a última coisa em que pensava se me dessem agora uma boa quantia de dinheiro! Ia logo fazer uma viagem, isso sim! Acho que quem compra esse tipo de artigos é quem temm dinheiro de sobra, que apesar de comprar uma carteira desse valor pode continuar a viajar, a ter uma vida cheia de glamour. Quem abdica do mais básico para comprar uma carteira de centenas de euros é a meu ver uma pessoa pouco sensata...bj!

    ResponderEliminar
  23. a chanel nao custa 2500, mas sim 1500.


    bj

    rita t.

    ResponderEliminar
  24. Rita t: Sim, infelizmente, custa!! ): Desde 1 de Julho o preço dessa, entre outras, malas Chanel subiram (em média) 40%.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. eu tenho uma teoria para isso,do facto de na altura de crise,as pessoas ficarem ainda mais obcecadas com a imagem...prende-se tudo com Medo e com Ego.

    o Medo que as pessoas tem daquilo que os outros pensam delas,leva-as a quererem sentir-se "superiores",como tal querem parecê-lo para conseguirem "Manter o poder que elas acham que tem sobre a sua Vida". é como que um escape e ao mesmo tempo,uma ilusão que elas alimentam.

    o Ego está sempre ali,,é a parte da nossa Mente que nos faz acreditar que precisamos de coisas,de materiais para sermos mais felizes,para "esquecer" isto ou aquilo,COMPRA,COMPRA que vais ficar melhor...outra ilusão...como o ego é carente,infantil,age como uma criança...mas msm depois de fazerem isso varias vezes...la no fundo as pessoas sabem que é tudo ilusório...as aparências que querem .querem-nas nao por si mesmos,para gostarem de si como são,mas para se compararem com os outros.

    enquanto o fizerem..este processo nunca vai acabar.

    é por isso que eu,quando trabalhar na área que desejo,vou sempre iniciar o processo de dentro para fora. a pessoa deve conhecer-se melhor,aceitar-se ocmo é e descobrir a sua unicidade,só depois é que deve mudar o que quer que seja em si,encontrando um reflexo da sua identidade,através da imagem que desejar ter.

    e pronto,é isso que sinto.

    ResponderEliminar

Obrigado por comentarem!

PORTAL